Dente do Siso: saiba mais sobre o famoso dente do juízo

dente do siso

Quem nunca ficou apreensivo ao descobrir que precisaria extrair o dente do siso? Trata-se de uma necessidade funcional e também estética em muitas pessoas. Mas por que muitas vezes ele precisa ser extraído? O siso possui algumas particularidades, assim necessita de maiores cuidados. Iremos explicar melhor esse assunto:

O dente do siso

O siso é o último molar e possuímos um em cada extremidade da boca, tanto superior quanto inferior. Eles são os últimos dentes a nascerem, aparecendo geralmente entre os 16 e 20 anos de idade (isso não é uma regra). Entretanto, quando eles resolvem aparecer, podem causar problemas, pois é comum não haver mais espaço na boca, pois os outros dentes já estão devidamente em seus lugares.

Casos em que eles devem ser removidos

O profissional analisará, por meio de exames, se há ou não espaço na sua boca para acomodar esses novos dentes. Ele poderá ser extraído se:

  • o dente está preso no osso o que faz com que o dente nasça pela metade — chamado de siso incluso ou semi-incluso;
  • Posicionado de forma errada: ele pode nascer de lado, na diagonal, deitado, ou mesmo de cabeça para baixo;
  • Com cáries que não permitam restauração ou tratamento de canal;
  • Quando não há um dente na parte oposta da boca, ou seja, antagonista.
Cirurgia de extração

Não se preocupe com a dor, todo procedimento cirúrgico invasivo, como uma extração de siso, precisa de uma anestesia prévia. O tempo médio de duração da cirurgia de siso é de 45 a 60 minutos, dependendo da condição do elemento, cada caso é um caso.

Cuidados pós-operário

Compressas com gelo podem ser ótimas alternativas para aliviar a dor e o inchaço na região. Recomenda-se dieta mais líquida e pastosa. Evite fumar, as substâncias tóxicas do cigarro penetram na mucosa aumentando o risco de inflamações, as bebidas alcoólicas também devem ser evitadas. Escove os dentes de forma suave, evitando forte impacto na região da cirurgia. Volte ao consultório do seu dentista após uma semana, além de retirar os pontos, ele irá conferir se a cicatrização ocorreu sem complicações.

Lembrando que estes são fatores gerais, mas que  você deve checar e tirar todas as suas dúvidas em relação à extração com seu dentista, pois cada caso é diferente de outro.

Fique atento! Infecção em dentes do siso traz risco de doença cardíaca, leia mais em: Link Uol

#odontoespaco #odontologiapersonalizada #dentista #dentedosiso #dentedojuizo #saudebucal

Compartilhar

Deixe um comentário

Deixe uma comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *